terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Diário da VALE5 .........VALE5 fecha o dia com um engolfo de alta, depois de atingir o mais baixo IFR14 dos últimos 20 anos no TEMPO MENSAL

Do ponto de vista gráfico, a VALE5 se superou em termos negativos.

Não estou falando de perdas em percentuais; apenas , em termos de índices técnico-gráficos.

Do ponto de vista do indicador chamado "IFR", um dos mais utilizados em análise gráfica, a VALE5 teve um desempenho, olhando os tempos mais longos, nesse caso, TEMPO MENSAL. pior do que a PETR4.

Ou seja, nem com a queda cavalar da PETR4 no passado recente, e, nem agora, numa queda de mais de 50% em 3 meses, o papel PETR4 chegou a um nivel tão baixo de IFR14 no tempo MENSAL do que a VALE5.

Está abaixo de 30.......TEMPO MENSAL......é o mais baixo patamar dos últimos 20 anos....

Isso para a maior exportadora brasileira; uma das maiores mineradoras do mundo.

Hoje, o papel deu uma belo sinal de reversão.

Fechou com um belo engolfo de alta....

Já havia fechado há cerca de 1 mês, como marcado também em laranja.

Mas, hoje o engolfo é muito mais interessante.....e o volume, bem maior do que aquele dia.

O Gráfico abaixo, com a VALE5 em 16,51,é o do fechamento do After-Market.

Depois , atualizo.....mesmo com o fechamento do "after", o engolfo é claro".....fechou em 16,60.....

No tempo "60 minutos', gráfico mais abaixo, rompeu uma LTB.......

Supomos que isso seja, de fato, uma reversão....

Onde iria ?

Com esse grau de sobrevenda de IFR14 no TEMPO MENSAL, e fortes divergências altistas espalhadas no tempo DIÁRIO E SEMANAL, no mínimo 30%....

Não seria surpresa especularmos uma perna de alta entre 40% e 50%.......

Querem mais um ponto positivo ?

Peguei a mínima de setembro de 2001 da VALE5 e tracei uma LTA, justamente o mês em que os mercados mundiais sofreram em face do Atentado de 11 de Setembro. 

Mínima de 2,02 em setembro de 2001

Ela está traçada no terceiro gráfico abaixo.

Vejam onde ela passa hoje.......justamente nessa faixa de 15,50.....mínima de hoje...

No longo prazo, do jeito que estourou a bolha das commodities, perfurando de maneira convicente vários pivots de longo prazo importantes, seja do "CRB" COMMODITIES, seja do Petróleo, seja do Cobre, seja do minério de ferro, seja das empresas que operam nesses mercados, ainda podemos esperar novas mínimas a partir dos pontos atuais.

Ou seja,....pra VALE5, no longo prazo, podemos esperar níveis abaixo de 15.50, mínima de hoje.....

No entanto, o espaço para um belo e forte repique está dado.......

Primeiro importante pivot a ser rompido pra cima é 16.70-16,80....depois 18,50......depois 19,00......20,00 e 20,70

Pra baixo, atenção a minima de hoje, 15,50.....que abre espaço para 15,00, caso rompida

vamos acompanhar....Inclusive, os papos, de agora em diante, de que a VALE, com esse nível de câmbio, deve ser beneficiada......blá blá blá.......

Mas jã não estava sendo beneficiada com o nível de 2,50 ?....2,6 ?......



VALE5, Diário, escala semi-logarítmica



VALE5, Tempo "60 minutos" escala semi-logarítmica




VALE5, TEMPO MENSAL, escala semi-logarítmica, período 14 anos