sábado, 29 de novembro de 2014

O colapso das commodities no gráfico do "CRB" Commodities e a perda da faixa de 265

Abaixo 4 graficos do "CRB" Commodities.

O colapso é evidente.....estamos, definitivamente, na mesma dinâmica de crash verificado ao longo de 2008.

Os suportes fortes ou medianamente fortes não seguram mais nada......as divergências altistas de IFR14 e outros rastreadores se acumulam há 5 meses e o índice não dá sinais de melhora.

O primeiro divisor importante perdido foi a faixa de 275.......a faixa logo abaixo seria 265....

Ontem, depois do colapso do barril de petróleo e a perda de outro divisor do Cobre, o "CRB"perdeu a faixa de 265 e foi na mínima bater a faixa de 254.

Visto no gráfico mais amplo de 6 anos (ÚLTIMO GRÁFICO ), podemos ver que, abaixo desse 265, o suporte seria essa faixa mesmo de 250-254.......

Mas, repito, já estamos na mesma dinâmica de 2008......me parece que a perda  de 275 determinou isso.

Isso não quer dizer que uma  forte reversão de curto prazo esteja descartada; pelo contrário, a qualquer momento, podemos tê-la. Nesse caso, poderíamos pensar, num primeiro momento, num pullback na faixa de 275, Numa perspectiva menos pessimista, numa ida insana até a faixa de 290.

Em 2008, a queda foi em linha reta até 210; apenas nesse ponto houve um fortíssimo repique justamente até a faixa de 255, ponto onde parou ontem; ou seja, um repique de 20%.

CRB, tempo diário, escala logaritmica



CRB, tempo SEMANAL, escala logaritmica, período 3 anos

 


CRB, tempo SEMANAL, escala logaritmica, período 4 anos


CRB, tempo MENSAL, escala logaritmica, período 6 anos