sábado, 31 de março de 2018

A partir de hoje, passo a escrever numa outra plataforma e com outro nome, outro "domínio". Nome do blog: "0 e 100"....endereço...."www.0e100.wordpress.com"....

A partir de hoje, passo a escrever numa outra plataforma e com outro nome, outro "domínio"....

Nome do blog: 0 e 100....

Endereço na internet:    "www.0e100.wordpress.com"....

Estava tendo inúmeras dificuldades de acompanhamento de visitas, estatísticas do blog, malwares, enfim

Há uma corrente na internet que tem elogiado a plataforma do "Wordpress"...

Portanto, vida nova dentro de uma nova plataforma

E já que estarei em uma nova plataforma, aproveitei para mudar o nome.

O texto criado por aqui , "pracompraroupravender" não me pareceu adequado nos últimos 2-3 anos; as "coisas na internet" precisam ser mais simples.

Daí, a opção por um nome curto....."0 e 100"

Por lá, aos poucos tentarei passear pela razão do nome "0 e 100"

Vida nova por lá...

Por algum tempo , ainda deixarei essa mensagem em primeiro plano.

Depois de um tempo, desativarei esse endereço "pracomprarouprvender.blogspot.com

Espero ver os que sempre me seguiram por lá....

Grande abraço

Márcio Lemos

segunda-feira, 26 de março de 2018

Alguém consegue ver a figura que está abaixo no Dow Jones ?..Ora....é um triângulo descendente.....por isso, a aberração de hoje....uma alta de 2,8%.....por isso o aumento da volatilidade....e o que virá depois ? Em 20 dias, deveremos ver algo no Dow Jones e nos mercados mundiais semelhante ao Crash de 1987......e isso vale para o Bovespa também

Alguém consegue ver a figura que está abaixo no Dow Jones ?..

Ora....é um triângulo descendente.....por isso, a aberração de hoje....uma alta de 2,8%.....por isso o aumento da volatilidade....

E o que virá depois ? Em 20 dias, deveremos ver algo no Dow Jones e nos mercados mundiais semelhante ao Crash de 1987......e isso vale para o Bovespa..

A altura de 3.000 pontos deve ser o tamanho da queda quando perder a base do triângulo, que é a faixa de 23.350....

Ou seja....quando perder, o Dow Jones irá buscar a faixa de 20.000

Mas , vejam as quedas fortes nos últimos 7 anos no segundo gráfico...

Todas elas tiveram como referência a MA200 (Linha vermelha) no SEMANAL...

Essa MA200 hoje passa ali em 19.200.....então, o Dow Jones pode até vazar os 20.000, buscando direto a faixa de 19.600, pois a MA200 irá subir daqui 2,3 semanas...

Mais......olhem no segundo gráfico abaixo....além dessa MA200 passar em 19.300, uma LTA de 7 anos passa nessa faixa também

Hoje, o fechamento foi em 24.200....

Quando tocar a hipotenusa do triângulo, hoje na faixa de 24.750 pontos, o Dow Jones irá armar essa última perna de baixa até os 19.600-20.000

Isso representará uma queda aproximada de 20%.....

Por que a lembrança de 1987 ? A queda no intraday em 1987 foi maior do que 20% em um único dia...

Nada garante que os algoritmos não entrarão em um colapso e avançar mais do que isso..

Como disse acima....o Bovespa entrará no meio do furacão...

Ainda falarei dele isoladamente em cima desse raciocínio..

Por ora....o Bovespa entrará no meio do furacão com uma gigante perna de baixa.....olhando para os 74.000....

Mas.....vai que......

Dow Jones, diário, escala logarítmica



Dow Jones, SEMANAL, escala logarítmica






domingo, 25 de março de 2018

Petróleo Brent novamente no topo....ou seria "topo duplo" ?

Petróleo Brent novamente no topo....ou seria "topo duplo" ?

Brent, Semanal, escala logarítmica





sábado, 24 de março de 2018

A única dúvida que paira sobre a força do Bovespa no médio prazo é olhar a força do Dólar frente ao Real......"Dólar x Real" volta a fechar a semana acima de 3,25.....e acima de 3,25, só tem 3,50

A única dúvida que paira sobre a força do Bovespa no médio prazo é olhar a força do Dólar frente ao Real......"Dólar x Real" volta a fechar a semana acima de 3,25.....

Fechamento ontem em 3,31

Vejam abaixo...

Não é a primeira vez que o "Dólar x Real" fecha a semana acima de 3,25...na verdade, ali no final de 2016 foi até a faixa de 3,5......com a delação de Joesley em maio do ano passado, o dólar foi até a faixa de 3,40...

Mas, vejam a dinâmica agora....a paridade bateu na MA200 (linha vermelha) do TEMPO SEMANAL....e começou a operar acima dela....como se essa MA200 tivesse "empurrando" o "dólar" pra cima....

Mais.....o que de fato representa uma nova explosão do "TED" ?

Há um iminente colapso nos mercados de crédito no mundo, fazendo com que haja escassez no mercado de Eurodólares ?

E se nos próximos 30-60 dias, o dólar se consolidar acima de 3,25....voltando a bater nos 3,40.3,50....voltar para o pullback nos 3,25....e engatar uma última e nova perna de alta rumo aos 4,00 ?

Esse cenário parece indicar o seguinte....

O Bovespa pode estar nos seus últimos meses de forte rally antes de uma correção muito mais forte , que pode ser de até 50%

Nesse contexto...

O quanto representa a força do Bovespa ?

Vemos a correção agora até a faixa 74.000-79.000, e o Bovespa engata uma última e forte perna de alta até a faixa de 100.000-110.000 pra depois finalmente corrigir os 50% 


Dólar x Real, Semanal, escala logarítmica



TED, Semanal, fechamento de 22-3-2018





sexta-feira, 23 de março de 2018

"TED" sobe mais 7,4% e chega a 60 pontos-base no fechamento de ontem

"TED" sobe mais 7,4% e chega a 60 pontos-base no fechamento de ontem

TED, Diário 



TED, Semanal



TED, Semanal, período 12 anos








Papéis da Arezzo ON (ARZZ3) e a reversão exatamente na sua MA200 depois de uma queda aproximada de 25%

Os papéis da Arezzo ON (ARZZ3) haviam batido a faixa de 62,00 há 2 meses.

Começaram a cair...anteontem, bateu a minima em 46,27 pra fechar o dia em 47,60, num dia com forte volume

A MA200 passava ali na faixa de 46,60 (ver linha vermelha)

Ontem, o papel rompeu a máxima do dia anterior, foi na faixa de 51, que era um forte suporte, e também por onde passa uma LTB curta e recuou um pouco no final do dia.

Mesmo assim, fechou em 50,00, alta de 5%

Há um canal de alta de longo prazo, cuja linha de base passa ali na faixa de 38-39, exatamente uma faixa de suporte, que já foi uma forte resistência

ARZZ3, Diário, escala logarítmica




ARZZ3, Diário, escala logarítmica







quinta-feira, 22 de março de 2018

Alguém quer saber em quanto abriu o "futuro do minério de ferro" depois da queda de 3% de hoje do Dow Jones ?...."futuro do minério de ferro" em queda de 5,1% nesse momento...há meia hora atrás, estava em queda de 6,5%

Alguém quer saber em quanto abriu o "futuro do minério de ferro" depois da queda de 3% de hoje do Dow Jones ?

"Futuro do minério de ferro" em queda de 5,1% nesse momento...

Há meia hora atrás, estava em queda de 6,5%

Vejam no link abaixo: http://finance.sina.com.cn/futures/quotes/I0.shtml?from=wap




Lembram do alerta que eu fiz sobre o rompimento da LTB Longa do "TED", o "Spread entre a taxa de juros londrina Libor de 3 meses e o título do tesouro americano de 3 meses ? Pois....nos últimos 7 dias, "TED" explode...só ontem , alta de 14% batendo 56 pontos-base....

Lembram do alerta que eu fiz sobre o rompimento da LTB Longa do "TED", o "Spread entre a taxa de juros londrina Libor de 3 meses e o título do tesouro americano de 3 meses ? Pois....nos últimos 7 dias, "TED" explode...só ontem , alta de 14% batendo 56 pontos-base....

TED, Diário



TED, SEMANAL





segunda-feira, 19 de março de 2018

Bovespa chega a perder no intraday a faixa mais importante no curto prazo, a faixa de 83.800,mas consegue fechar acima dela

Bovespa chega a perder no intraday a faixa mais importante no curto prazo, a faixa de 83.800,mas consegue fechar acima dela

Fechamento em 83.900 pontos, queda de 1,15%

Talvez algum respiro até a faixa de 86.000-86.200 antes de uma nova queda.

Caso perca os 83.700-83.800 busca a faixa de 81.000, depois 79.600

Existem 2 possibilidades em aberto para a correção do Bovespa

A primeira é nos 79.800, o que daria uma correção intermediária de cerca de 10%.....

Uma correção de 10% também tem sido vista nos Bovespa desde o fundo de 2016.

A outra possibilidade é uma correção na faixa de 74.000, pullback no antigo topo histórico ou a faixa de 76.500-78.000, que se revelaram fortes resistências no ano passado.

Essa correção seria em torno de 13% para o alvo em 76.500...13% foi a média das correções mais fortes nos últimos 2 anos....

No curto-médio prazo não vejo como corrigir mais do que isso....ou seja...entre 74.000 e 79.800

No longo prazo, ainda precisamos andar muito mais pra pensarmos na correção de 50%-60%

Mercado brasileiro está, como falei há alguns dias atrás, já em modo BULL-MARKET....não é o BULL-MARKET secular clássico, pois em dólar ainda não rompeu o último topo de 44.000 pontos, mas é um forte BULL-MARKET

Ou seja....

Ele tem tudo pra fazer um zig-zag altista,isto é, entre no BULL-MARKET SECULAR, mesmo que no meio do caminho corrija 50%..

Para isso, ele deveria ir próximo a 110.000 pontos, ou seja, próximo aos 44.000 pontos em dólar, e faazer uma grande perna de baixa, que poderia ser de 50%...

Depois, engatar uma outra onda forte de alta rompendo os 44.000 pontos em dólar....

Nesse caso, o alvo seria no mínimo a faixa de 200.000 pontos

Bovespa, diário, escala logarítmica









Dow Jones perde no fechamento o triângulo...deve buscar rapidamente a faixa de 23.200

Dow Jones fechou em baixa de 1,35% em 24.610, mínima em 24.453 pontos

No entanto, ontem destaquei um triângulo do Dow Jones que poderia defini-lo no curto prazo para cima ou para baixo.

O triângulo, como pode ser visto abaixo, foi perdido....ou seja....rompeu pra baixo.

Assim, dificilmente o Dow Jones não deixa de procurar seu último fundo atingido na semana anterior ao carnaval brasileiro, faixa de 23.200 pontos, que , inclusive, é por onde passa uma MA200 (lina vermelha)

Essa faixa pode servir de um fundo para o Dow Jones no curto prazo

Dow Jones, diário, escala logarítmica





domingo, 18 de março de 2018

Sem postagem nos últimos 5 dias....nada muito novo.....Dow Jones termina a semana ainda dentro de um triângulo que pode ser definido nos próximos 3-4 dias

Sem postagem nos últimos 5 dias....nada muito novo.....Dow Jones termina a semana ainda dentro de um triângulo que pode ser definido nos próximos 3-4 dias

Dow Jones, diário, escala logaritmica





terça-feira, 13 de março de 2018

Vamos configurar a LTB de 8 anos do EWZ, o "Bovespa operado pelos estrangeiros", de modo um pouco diferente do que fizemos pela manhã...vamos traçar a LTB passando por topos ligeiramente abaixo....assim, há 1 mês que o EWZ bate na LTB e recua

Vamos configurar a LTB de 8 anos do EWZ, o "Bovespa operado pelos estrangeiros", de modo um pouco diferente do que fizemos pela manhã...vamos traçar a LTB passando por topos ligeiramente abaixo

Vejam aqueles topos do final de 2010 e início de 2011.

Pela manhã, ao traçar essa LTB longa de 8 anos , utilizei o primeiro toque passando no topo de 2011...

Agora, utilizei o topo do final de 2010

Com essa configuração, o EWZ bate e volta nessa LTB já há praticamente 1 mês


EWZ, Semanal, escala logarítmica, período 12 anos





Dow Jones tem uma figura semelhante ao índice EWZ postado anteriormente.....Dow Jones sentiu uma LTB curta ontem e hoje....bandas bollinger também muito estreitas

Dow Jones tem uma figura semelhante ao índice EWZ postado anteriormente.....Dow Jones sentiu uma LTB curta ontem e hoje....bandas bollinger também muito estreitas

Vejam a marcação da LTB curta......e as bandas bollinger identificadas no círculo em azul

Dow Jones, diário, escala logarítmica





Vamos ver o índice EWZ, o "Bovespa operado pelos estrangeiros", com o fechamento de hoje, as bandas bollinger muito estreitas, indicando um movimento forte pra cima ou pra baixo, e uma LTB curta e uma LTA curta

Fechamento do  índice EWZ,  o "Bovespa operado pelos estrangeiros", hoje em 45,77, queda de 0,97%

Agora, vejam como ficaram as bandas bollinger identificadas pelo círculo em vermelho

Estão muito estreitas, indicando um movimento forte pra cima ou pra baixo.

Vejam uma LTB curta e uma LTA curta marcadas em azul

EWZ, Diário, escala logarítmica





E continuamos a monitorar a LTB de 8 anos do índice "EWZ", o "Bovespa operado pelos estrangeiros"

E continuamos a monitorar a LTB de 8 anos do índice "EWZ", o "Bovespa operado pelos estrangeiros"

Notem que essa LTB depende de onde você vai passar o topo ali entre 2010 e 2011

Ligeiramento mais abaixo o mais acima muda por onde essa LTB passa hoje.

Da forma como coloquei abaixo, a LTB está ligeiramente acima do ponto de ontem, fechamento do EWZ em 46,22

Mas se puxarmos a LTB para mais para baixo dos topos lá de 2010-2011, a LTB desce um pouco , o suficiente para que o fechamento de ontem passe justamente na LTB

A faixa principal de resistência, como pode ser visto abaixo, continua a faixa de 50,00.....ponto por onde o EWZ ainda não passou desde o rally de 2016.

Já passou muito perto, ali em 48,00.....

EWZ, Semanal, escala logarítmica, período 12 anos





segunda-feira, 12 de março de 2018

Bovespa tem volume assustadoramente baixo, depois de se aproximar novamente do topo histórico de 88.200, escancarando gigantes divergências baixistas de IFR, MACD e Histograma....fica a dúvida....Bovespa produzirá no curto prazo um crash de 15% semelhante ao que vimos no Dow Jones no início de fevereiro ?

Bovespa tem volume assustadoramente baixo, depois de se aproximar novamente do topo histórico de 88.200, escancarando gigantes divergências baixistas de IFR, MACD e Histograma....

Fechamento hoje em 86.900 pontos, alta de 0,6% máxima de 87.000, resistência intraday

Sim

Vejam abaixo as divergências baixistas que marquei

No caso do IFR14 e Histograma, tempo diário, temos até uma LTB em curso....

Por outro lado, diante de tal cenário, fica a dúvida....

Bovespa produzirá no curto prazo um crash de 15% semelhante ao que vimos no Dow Jones no início de fevereiro ?

Em praticamente 10 dias o Dow Jones corrigiu no início de fevereiro 12%

Mercados brasileiros historicamente apresentam betas maiores em relação aos mercados americanos, isto é, tendem a corrigir mais.

Como já destaquei aqui, todas as últimas correções do Bovespa nos últimos 2 anos não ultrapassaram 15% na média.

Continuo ainda no lado daqueles que vêem o Bovespa muito próximo dessa correção intermediára mais forte, no mínimo, o mesmo patamar de 15%

O suficiente para que o Bovespa faça o pullback no antigo topo histórico de 74.000, e pouco acima da Média Móvel Simples de 200 períodos, hoje em 72.960 pontos, mas subindo

Mais....perto dos 72.380 pontos, por onde passa a MA50 do tempo SEMANAL,também importante balizador de correções intermediárias

Mais......74.000 pontos é ponto próximo a linha de suporte do canal de alta destacado abaixo


Bovespa, diário, escala logarítmica







Ainda o gráfico de um papel de siderurgia, Paranapanema ON (PMAM3), já destacado aqui, e que não "andou nada" ainda.....mas, vale a pena olhá-lo novamente....um triângulo na iminência de ser rompido...pra cima ou pra baixo...

Ainda o gráfico de um papel de siderurgia, Paranapanema ON (PMAM3), já destacado aqui, e que não "andou nada" ainda.....

Mas, vale a pena olhá-lo novamente....um triângulo na iminência de ser rompido...pra cima ou pra baixo...

PMAM3, Diário, escala logarítmica, período 5 anos





Próxima correção do Bovespa.....de olho numa LTA de 8 anos da LAME4 (Lojas Americanas PN) passando hoje por volta da faixa de 15,00

Próxima correção do Bovespa.....de olho numa LTA de 8 anos da LAME4 (Lojas Americanas PN) passando hoje por volta da faixa de 15,00

Hoje, operando a 17,00, horário 13:15, hora Brasil

LAME4, Diário, escala logarítmica









quinta-feira, 8 de março de 2018

Barril de petróleo já em correção e preso numa LTB

Barril de petróleo já em correção e preso numa LTB

Brent, diário, escala logarítmica



Brent, diário, escala logarítmica






quarta-feira, 7 de março de 2018

Depois da explosão, em quanto tempo o índice VIX estreita as bandas bollinger, volta a explodir e empurra os mercados para um novo caos ? Dêem uma olhada....falta muito, mas muito pouco

Depois da explosão, em quanto tempo o índice VIX estreita as bandas bollinger, volta a explodir e empurra os mercados para um novo caos ?

 Dêem uma olhada no gráfico abaixo, tempo diário

Foi lá na faixa de 50.....desceu....bateu no divisor de 15....repicou..caiu de novo...novamente perto dos 15....por onde passa uma MA50...

E as bandas bollinger estreitando....estreitando....estreitando...

Vejam elas praticamente estreitas....falta muito, mas muito pouco


VIX, Diário








Lembram do TED ? O "spread entre a taxa de juros londrina Libor de 3 meses e o título do tesouro americano de 3 meses".....pois sim.....semana passada, rompeu uma LTB de 1 ano e meio....foi a 47 pontos-base....está em 40...acima de 50 pontos-base acende, assim como o rompimento da LTB do VIX há 1 mês, novamente o sinal amarelo nos mercados mundiais...

Lembram do TED ? O "spread entre a taxa de juros londrina Libor de 3 meses e o título do tesouro americano de 3 meses".....pois sim.....semana passada, rompeu uma LTB de 1 ano e meio....foi a 47 pontos-base....está em 40......

Acima de 50 pontos-base acende, assim como o rompimento da LTB do VIX há 1 mês, novamente o sinal amarelo nos mercados mundiais...

Vejam a dinâmica do TED ao final de 2015 quando os mercados americanos e brasileiro corrigiram forte....

Naquele momento, a dinâmica altista levou o TED para a faixa de 70 pontos-base

E os mercados americanos corrigiram cerca de 15%-16%.....Bovespa foi dos 58.000 para 37.000

Vejam  no terceiro gráfico as maiores explosões do TED nos últimos 30 anos....em meados dos anos 90, com a Crise da Ásia.....no início dos anos 2000....início do estouro da Bolha da Internet....e em 2008....Crise do Subprime americano

Claro....mercado brasileiro é outro....

Até agora, mercados americanos corrigiram 12%....e repicou....ou seja.....até agora, corrigiram de 26.600 até os 24.800 de hoje no Dow Jones....6,5% de correção....

Bovespa corrigiu cerca 3%...3,5% dos 88.200 até agora.....

Abaixo, 4  gráficos do TED, do Dow Jones e Bovespa


TED, Semanal, escala logarítmica, período 4 anos



TED, Semanal, escala logarítmica, período 10 anos



TED, Semanal, escala logarítmica, período 30 anos



Dow Jones, Semanal, escala logarítmica, período 4 anos



Bovespa, Semanal, escala logarítmica, período 4 anos









Vamos novamente balizar o índice Bovespa nos 86.200, pois consideramos que já estamos em correção em direção aos 74.000 e que o topo foi nos 88.200

Vamos novamente balizar o índice Bovespa nos 86.200, pois considerarmos que já estamos em correção em direção aos 74.000 e que o topo foi nos 88.200

Por que ?

Primeiro, por conta do movimento do índice dólar aqui destacado nos últimos 15 dias e que tem pressionado pra baixo as commodities, siderúrgicas e mineradoras mundo afora, independente da sobretaxa ao aço, questão já colocada pelo Presidente Trump.

A queda de várias commodities industriais, como o Cobre, começaram antes dessa sobretaxa. A sobretaxa parece ter contribuído apenas como um ingrediente "a mais".

Assim ,vimos papéis no Brasil, como mineradoras e siderúrgicas corrigirem forte e, ainda, sem clara definição de fundo. VALE3 por exemplo, chegou a fazer um pivotzinho de baixa hoje no intraday.

Abaixo, volto a construir uma outra LTB....88.200 e o topo de ontem , faixa de 87.000

Fechamento hoje em 85.480 pontos, queda de 0,2%

Pra cima, temos novamente a faixa mais forte de 86.200, que é pouco abaixo dessa LTB ora elaborada..

Pra baixo, temos o principal suporte no curtissimo prazo em 83.900......depois, intraday de 81.000 e o mais forte em 79.600 t.

Também já vemos o MACD cruzado na VENDA no tempo diário

Obviamente, enquanto não perder os 83.900 ou não romper os 88.200, ainda ficará a dúvida.



Bovespa, diário, escala logarítmica



Bovespa, tempo horário, escala logarítmica






segunda-feira, 5 de março de 2018

Bovespa, "Bovespa em dólar e índice "EWZ" (Bovespa operado pelos estrangeiros)

Abaixo, destaquei o Bovespa, "Bovespa em dólar e índice "EWZ" (Bovespa operado pelos estrangeiros)

Por que ?

Porque acho que não estamos longe de uma correção intermediária medianamente forte.

A mesma correção intermediária que temos visto desde o início de 2016, quando o Bovespa fez fundo nos 37.000

Desde aquele fundo, as correções mais fortes giraram em torno de 15%.

A última correção, que foi de 86.200 até 79.600 não chegou nem a 10%; portanto, não me parece a correção intermediária mais frequente

Acho que ela se dará até o pullback no antigo topo histórico de 74.000.

Uma vez feita a correção lá nos 74.000, o Bovespa terá músculos pra ir até a faixa de 100.000-110.000

Se a correção acontecesse agora, com o Bovespa batendo no topo da semana passada, 88.300, ou até mesmo perto dos 90.000, uma correção de aproximadamente 15% daria muito próximo aos 74.000

Assim, temos que buscar alguns sinais

Por isso os 3 índices abaixo.

No curto prazo, como disse no fim de semana....a LTB curta rompida liberava o Bovespa para 86.200

Eu coloquei no primeiro gráfico ainda uma outra e última LTB curta......justamente onde o índice parou.

Fechamento do IBOV em 86.020...alta de 0,3%....máxima justamente no pivot mais importante de agora em diante, a faixa de 86.200

O segundo gráfico abaixo é o IBOV em dólar.....quando foi nos 88.200, significou ir aos 26.500, de fato uma resistência......tem uma resistência pouco acima, ali por volta de 27.700....

Ou seja.... faixa de 90.000 pontos levaria certamente o índice para essa faixa de 27.700 em dólar.

Por fim, o EWZ.....e aquela LTB de 9 anos já destacada aqui dias atrás...

Continuamos a monitorá-la no quarto gráfico....o terceiro gráfico é o "EWZ" Diário

Bovespa, tempo horário, escala logarítmica



Bovespa em dólar, tempo Diário, escala logarítmica



EWZ, tempo Diário, escala logarítmica



EWZ, tempo SEMANAL, escala logarítmica, período 12 anos






domingo, 4 de março de 2018

Hoje, a jornalista Eliane Cantanhêde publica em sua coluna no Jornal "O Estado de São Paulo" a notícia de que ganha muita força a chapa Presidencial "Alckmin-Meirelles".....assim, temos gás mais do que suficiente para que PETR4 busque no curtíssimo prazo a faixa de 24,50

Hoje, a jornalista Eliane Cantanhede publica em sua coluna no Jornal "O Estado de São Paulo" a notícia de que ganha muita força a chapa Presidencial "Alckmin-Meirelles".....

Aqui, o link da notícia: http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,meirelles-vice-de-alckmin,70002212593

Certamente, uma chapa muito forte, principalmente em função do expressivo tempo de TV.

Sim....pois, nesse caso, conta-se com a transferência de Meirelles para o MDB

Das empresas ligadas às commodities, Petrobrás foi, das blue-chips, a que menos corrigiu durante a semana; até por sua volatilidade intrínseca-histórica menor. Fechou a 21,50

Assim, temos gás mais do que suficiente para que PETR4 busque no curtíssimo prazo a faixa de 24,50.....

Como pode ser visto no gráfico abaixo, acima de 20,00, tempos 21,40 e 23,00.....depois, 24,30-24,50-24,80 e 25,15

Uma vez esticando até essa faixa de 24,50, papel ficaria pronto, assim como quase todos os outros, para uma correção intermediária, que virá muito em breve.

Numa correção intermediária, uma volta à faixa dos 18,40, último grande fundo, não seria nada surpreendente


PETR4, Diário, escala logarítmica







Bovespa, mesmo com uma abertura em queda, volta a romper a LTB curta no tempo horário, e volta a mirar os 86.200...depois, 87.300 e 88.300, topo histórico

Bovespa, mesmo com uma abertura em queda, volta a romper a LTB curta no tempo horário, e volta a mirar os 86.200...

Fechamento em 85.761pontos

Depois dos 86.200, 87.300 e os 88.300, topo histórico batido semana passada

Como pode ser visto abaixo, a mínima de sexta, logo nas primeiras 2 horas, foi em 83.880, suporte intraday determinante para quedas mais fortes

Assim, pra baixo, devemos olhar esse suporte de 83.800-83.900.Abaixo disso, vai direto pros 80.800, depois 79.600.


Bovespa, tempo horário, escala logarítmica










quinta-feira, 1 de março de 2018

Pressão vendedora no Bovespa deve aumentar, pois o índice abriu com repique no antigo topo de 86.200 e recuou forte....agora, temos uma LTB curta

O índice Bovespa fechou no zero a zero hoje, em 85.380 pontos

Porém, alguns pontos interessantes que podem ser vistos abaixo

Antes da queda próxima ao Carnaval até os 79.600, o Bovespa havia atingido o topo nos 86.200.

Hoje, depois de uma LTB começar a aparecer, também destacada abaixo, o índice abriu pra cima e foi exatamente na faixa de 86.200.....ali, passava essa LTB curta e era a faixa do topo antigo.

Bateu e recuou....recuou e caiu ao longo do dia até a mínima de 84.639, onde repicou para respirar e fechar nos 85.380.

Ou seja...

Fica claro que o topo anterior de 86.200 passa a ser o obstáculo de curtíssimo prazo.

E agora, temos que acompanhar essa LTB destacada abaixo....passando ali por volta de 85.600

Bovespa, tempo horário, escala logarítmica