quarta-feira, 12 de abril de 2017

A partir de hoje, não usarei mais a expressão "Bovespa em modo bolha até os 74.000 ou até a VALE5 tocar 37,5-40,00" por 2 razões: o caos político que viveremos a partir de agora, questão tocada no post anterior, e porque nesse momento o índice "MICEX", principal índice de ações da Rússia, perde o suporte de 1.970, antigo topo histórico

A partir de hoje, não usarei mais a expressão:

 "Bovespa em modo bolha até os 74.000 ou até a VALE5 tocar 37,5-40,00", expressão que esta utilizando para justificar ainda uma possível ida a faixa de 74.000 pontos, topo histórico do Bovespa.

Talvez o ponto atingido há cerca de 45 dias atrás, faixa de 69.500, possa ter sido o topo desse rally que vem lá de 37.000

 E isso se deve a 2 razões que se apresentaram muito claras de ontem para hoje

Primeiro: o caos político que viveremos a partir de agora, após a "Lista de Fachin" apresentada ontem

Jogaram todos os políticos na "mesma vala", como disse no post anterior. 

O Jornalista Reinado Azevedo foi muito mais feliz na caracterização do cenário político, artigo publicada no post anterior

Mais:

Nesse momento o índice "MICEX", principal índice de ações da Rússia perde o suporte de 1.970, antigo topo histórico; opera com uma queda de 1,5% a 1.947 pontos

Veja o Gráfico abaixo

No entanto, no caso do Bovespa, algumas pontos gráficos terão que aparecer nos próximos dias e semanas para sedimentar o quadro horroroso que se mostra à frente, principalmente com o quadro político. Do lado externo, basta um espirro pra que o Bovespa acelere a fragilidade político-institucional escancarada a partir de hoje

A principal seria a perda da Média Móvel simples de 200 períodos, hoje passando pouco abaixo de 61.000 pontos.....assim como o cruzamento da MA50 sobre a MA200 no tempo diário

O que na prática significa ?

Uma volta aos 37.000 pontos no minimo, com chances não desprezíveis de uma ida aos 29.200

Vamos ao MICEX


MICEX, Semanal, período 10 anos