sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Estaria o Banco Central emitindo sinais claros numa forte reversão do Dólar ?

Há uma debate acadêmico em curso estimulado pelo Jornal "Valor" em que se discute o impacto da política monetária sobre a inflação.

Finalmente voltamos aos velhos embates acadêmicos dos anos 70-80-90 ?

Parece que sim.......bastou o país mudar de mãos, que o debate volta à tona.

Artigos técnicos ou não, estão lá André Lara Resende, Eduardo Loyo, Marcos Lisboa, Samuel Pessoa; hoje, temos um artigo de José Julio Senna

Política monetária é causa ou efeito da inflação ? Isto é, Política monetária provoca ou é "provocada" pela inflação.

Tecnicismos à parte, passemos a olhar uma outra variável econômica, variável essa que, mais cedo ou mais tarde, acaba por interferir na teia que move e movimenta a política monetária. 

Falamos do dólar.

Antes de entrarmos definitivamente no seu universo, tratemos de refletir sobre os sinais vindo da nossa maior autoridade monetária, o Banco Central do Brasil.

Não estaria o Banco Central "falando demais" sobre a inflação, sobre o cenário futuro, sobre juros, sobre velocidade da política monetária ?

Ok......muito boa a iniciativa, em face do que vimos no passado recente. Mas, de fato, vale tudo isso ?

Estaria o BC tão confiante assim do cenário inflacionário ou macroeconômico que justificasse tantos "issos"...."aquilos".....tantos sinais ?

O que quer o Banco Central ?

No final de 2011, com uma inflação já pressionada, Dilma Rousseff não se intimidou com a teórica independência do Banco Central e exigiu que os juros no Brasil, mais precisamente a SELIC, caissem; não satisfeita, orientou que a velocidade fosse "n elevado a 3"......

O que aconteceu com o dólar ?

Ele, tadinho, que estava ali quieto, mesmo com a turbulência européia, decidiu acordar e disparou....

Uma óbvia constatação de "desmonte de carry trades".

Todos que se movimentavam posicionados em "juros" pra financiar "n movimentos", desmontaram suas posições rapidamente a favor de "outros movimentos",.....e o dólar disparou....final de 2011-início de 2012

No primeiro gráfico abaixo, mais evidente, temos "Dolar x Real, período 20 anos"
No segundo gráfico abaixo, a trajetória da SELIC, período 2008-2017



Vamos introduzir outros ingredientes

Me parece que o dólar engatou, e não agora, já há algum tempo, um movimento de "Bull-Market"....e não estamos falando de um "Bull-Market" de 2-3 anos.....

Vejamos abaixo o gráfico do "índice dolar" (dólar contra uma cesta das principais moedas do mundo) num período de 40 anos pra termos a idéia desse movimento

Dolar index, escala logarítmica, 40 anos



Olhado em retrospectiva, o que pode estar movendo o dólar nessa direção ? Juros....

Historicamente, analisando o gráfico abaixo, a força do dolar está associada com a trajetória dos juros americanos.

Em movimentos curtos ou não, rápidos ou prolongados, dólar e juros americanos andam na mesma direção.

O que pode estar movendo o dólar pra cima no mundo todo é uma reversão iminente na trajetória de juros de longo prazo americanos


O primeiro gráfico abaixo é do "índice dolar" ao longo de 40 anos.....
O segundo gráfico abaixo é da "curva dos títulos do tesouro americano de 10 anos" ao longo de 40 anos.....





Os 2 quadros acima parecem nos auxiliar com o que temos hoje, algumas condições pra lá de interessantes para uma força do dólar perante o Real, nossa moeda

Mas, espera aí !!!

Mas o dólar não está despencando no Brasil ?

Sim e não.....obviamente, se olharmos o dólar em 2009....2010....2011, nem tanto.....foi de 1,80....1,70....1,60 para 2,00....depois 2,50....até 4,15, pra depois iniciar uma queda até a faixa de 3,10, patamar atual.

Se olharmos de 1 ano pra cá, está caindo forte....

Então há algo a se descobrir e testar.....por que não ?

Vamos então a 2 gráficos....

O primeiro me fala de "volume".

O que está acontecendo no "volume" do "dólar x real".

Vejam abaixo......nos últimos meses....um volume crescente, mesmo diante da queda do dólar frente ao Real...isso pode ser visto, tanto no gráfico SEMANAL, como no diário


Dólar x Real, SEMANAL, período 20 anos....volume pode ser visto lá "embaixo"


Dólar x Real, diário.....volume pode ser visto lá "embaixo"



Agora, paremos pra ver uma LTA Longa que vem lá do fundo de 2011, em escala logarítmica

Reparem que a LTA passa ali na faixa de 3,00 pelos próximos 30-60 dias.


Dólar x Real, SEMANAL, escala logarítmica, período 20 anos





Uma vez tão confiante em sua política monetária como "controladora" da inflação, estaria o Banco Central, reconhecendo os riscos do impacto do dólar na inflação, empurrando o dólar pra cima no longo prazo, pra fazer dele um aliado na recuperação da economia, via exportação e na atração de capital para investimento ?

Por que motivo o volume em "dólar x real" tem aumentado fortemente nas últimas semanas ?

Estamos, de fato, num "bull-market secular" do dólar no mundo inteiro , de tal maneira que o que vimos até agora na dinâmica do "dólar x real", isto é, movimento interno, foi apenas uma correção dentro da tendência de alta "secular" ?

O Cenário calmo de hoje é consistente com o que poderemos ver ao longo da segunda metade do ano de 2017 e do ano de 2018, aqui e lá fora, de tal forma que o dólar será o único hedge possível ?

Façam as suas apostas numa nova e forte perna de alta do dólar nos próximos 6-12 meses.....