segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Bovespa - Modo "Bolha" até os 74.000 e até a VALE5 tocar o topo histórico - 30-01-2017

Forte queda de 2,6% do Bovespa hoje; fechamento em 64.300, quase na minima.

Tal queda sugere uma análise um pouco mais atenta.......nos 3 últimos rallies de alta, quando o Bovespa parava pra respirar, isto é, quando ocorriam as quedas mais fortes, as pernas de alta se aproximaram de 35% no primeiro e de 22% no segundo....

Por que isso ?

No primeiro raaly, as quedas mais acentuadas começaram mais na faixa de 50.000 pontos, ou seja, já tinha subido cerca de 35%

No segundo raaly, as quedas mais acentuadas começaram mais na faixa de 59.000 pontos, ou seja, já tinha subido cerca de 22%

É a explicação...

E, agora ?

De ccerta maneira, foi no "meio do caminho", mas, obviamente, como as esticadas começam a "pesar" mais, digamos assim, o percentual das "puxadas" devem encurtar

E foi o que aconteceu........dos 56.800, fundo dessa perna de alta em ação, até os 66.600 da semana passada de máxima, a alta foi de 17% aproximadamente.

OK ?......Beleza até aqui ?

Então vamos lá.....

Como quase todo mundo já concorda que o Bovespa não está assim BULL...BULL....BULL Secular......nem rompeu seu topo histórico ainda....

Mas, é BULL-MARKET no médio-longo prazo.....

Assim, é importante vermos alguns sinais de curto prazo.....e não de longo prazo, num primeiro momento, pra tentar entendermos o que pode estar a nossa frente

Então, vamos ver o Bovespa no gráfico "15 minutos" olhando principalmente as MA's50  em linha amarela e a MA200 em linha vermelha

Reparem abaixo que no penúltimo rally, o Bovespa começa a ficar um pouco mais perigoso quando a MA50 cruza com força a MA200 ali na faixa de 64.500

No entanto, reparem que no gráfico horário isso demora a acontecer.....só quase perto do fim da correção é que há o corte......

Esse tipo de movimento somente ocorre com papéis-ativos "muito-bull" ou com volatilidades implícitas altas.....

No diário, terceiro gráfico abaixo, sequer há o toque na MA200....muito menos o corte da MA50 sobre a MA200

Agora, vejam que hoje, no final do pregão, no gráfico de 15 minutos, a MA50 cruza pra baixo com força a sua MA200

De agora em diante, ficaremos aos 3 tempos gráficos, principalmente o horário nos próximos 2-3 dias...

Na prática significa o seguinte....no curtíssimo prazo, continua a correção......e monitoraremos a LTA que já tracei no último gráfico

Suportes em 64.000, 63.400, 63.000 e 62.500
Resistências em 64.500, 64.800, 65.300 e 66.000




Bovespa, tempo 15 minutos, escala logarítmica





Bovespa, tempo 60 minutos, escala logarítmica





Bovespa, diário, escala logarítmica