terça-feira, 15 de novembro de 2016

Índice "EWZ", o "Bovespa operado pelos estrangeiros", sobe 3,3% em Nova York, com alta de 4,4%, 4,2% e 5%, respectivamente para Petrobrás, Bradesco e Itau......ADR da VALE fecha com queda de 4,8%, depois de abrir em queda de 10%.....Gerdau cai 3,3%

Índice "EWZ", o "Bovespa operado pelos estrangeiros", sobe 3% em Nova York,

Abaixo, podemos vê-lo com a LTA perdida há 4 dias.....MME13 cruzou pra baixo sobre a MME21 ontem, assim como o Bovespa, dando VENDA no tempo diário,

Isso não permitiu sua forte alta hoje, muito provavelmente, dado o IFR14 em nível que beirou os 30 ontem, limite de sobrevenda.

Como a MME13 e MME21 ficaram um pouco distantes, ainda há a possibilidade de repiques até lá.....vejam que hoje, passa ali por volta de 35, que é importante divisor.

Pra médio prazo, com essas médias começando a embicar pra baixo fortemente, o cenário mais provável é vermos mais quedas até a faixa de 30, por onde passa a MA200, como pode ser visto no segundo gráfico em linha verde

No panorama geral em Nova York hoje em relação as ADR's

Petrobrás...alta de 4,4%
Bradesco - alta de 4,2%
Itau - alta de 5%
CSN - alta de 1,5%

Queda da VALE de 4,8¨%, depois de abrir em queda alucinante de 10%
Gerdau fechou em queda de 3,3%

OBS: A Bolsa de Nova York (NYSE) fez um ajuste muito tempo depois em relação aos fechamentos de alguns papéis.....a ADR da VALE foi "ajustada" para queda de 4,81% a 7,32......portanto, mudei agora no título do post e aqui no post, já que anteriormente estava uma queda de 5,4%

EWZ para alta de 3,3% ......PETROBRAS foi ajustada para alta de 4,4%.....Bradesco para alta de 4,2% e Itau para alta de 5%....Gerdau e CSN foram mantidas....modifiquei todos no post e no titulo




EWZ, Diário, escala logarítmica



EWZ, Diário, escala logarítmica