sábado, 22 de outubro de 2016

Bovespa rompe cunha pra cima, mira os 69.000-70.000, mas com alguma correção na LTA ou na MA50

Final de semana chegou, e nada de correção no índice IBOV.....

Vejam abaixo......havia uma cunha balizando o índice.....batia na LTA....e batia numa linha superior de um triângulo formado; tecnicamente chamado de cunha.


IBOV, Diário, escala logarítmica




Na segunda-feira última, dia 17-10, rompeu essa cunha pra cima....batendo na máxima 62.700, que foi a máxima do dia.

Indicação mais clara que o Bovespa não está nem aí para qualquer tipo de correção até conseguir sua "loucura", impossível.

Ele deve continuar a "atropelar" quem estiver no seu caminho.

Isso "casa" com o gráfico que mostrei aqui semana passada, isto é, comparando o rompimento do canal de baixa de 6 anos do índice "SSEC", da China, e o rompimento do canal de baixa de 6 anos do IBOV


SSEC, SEMANAL, Escala logarítmica




IBOV, SEMANAL, Escala logarítmica




A questão aqui passa a saber até onde o mercado é capaz de ser "insano", como destaquei no meu artigo semana passada

Esqueçam fundamentos, economia ainda em estágio "UTI", nada, absolutamente nada, ou quase nada, deterá o índice rumo a "loucura".

Desculpas , todos encontrarão aos montes......nomes sosfisticados para explicação da dinâmica altista, discursos estonteantes, visões ultra mega hiper otimistas.

Enfim......

O rompimento da cunha acima sinaliza uma ida aos 69.000, 70.000, ou quem sabe, ainda nos 72.000-73.000

As correções ?

Obviamente, a hipótese mais provável me parece a ida a LTA que o sustenta.....hoje, passa ali por volta de 61.000 pontos.

A segunda hipótese é uma mini-correção acompanhar a Média Móvel simples de 50 períodos, abaixo identificada em linha amarela.

Vejam que ela foi baliza em alguns movimentos nos últimos 2-3 anos em mini-correções....

Hoje, a MA50 passa por volta dos 60.000

O Fechamento do Bovespa ontem, sexta-feira, foi em 64.100, alta de 0,4%, máxima de 64.380. Acima dos 64.000, temos 65.000 e o mais forte, 66.000 pontos. Essa faixa de 66.000, é por onde deve acontecer o maior susto.

Quanto ao fim disso tudo ?

Ninguém ainda sabe....

Os mais otimistas dirão 74.000, topo histórico, 80.000, 100.000...200.000

A perda da LTA em curso, sgnifica uma correção muito agressiva....Levará o IBOV direto, sem parada alguma, para a sua MA200...Hoje, ali por volta de 51.600....mas subindo....

O que me parece é que, em menos de 3 meses, a volatilidade explodirá, e todo esse cenário ultra-mega hiper otimista desaparecerá.


IBOV, Diário, escala logarítmica