domingo, 19 de junho de 2016

Final de Semana - Bovespa vai "se contaminando", após histograma passar pra "linha abaixo de zero" no tempo SEMANAL

Fechamento do Bovespa na sexta-feira em 49.530 pontos, alta de 0,25%

Assim, o Bovespa vai "se contaminando", após histograma passar pra "linha abaixo de zero" no tempo SEMANAL.

Esse ponto pode ser visto no segundo gráfico abaixo, tempo SEMANAL.....

Marquei em retângulos azuis os momentos em que o histograma vai "pra linha abaixo de zero"......quando isso acontece, o índice, mais cedo ou mais tarde, faz novos fundos, ainda que, com algumas pernas de alta-repiques no meio do caminho.......em alguns desses momentos, as pernas de alta apresentam até mesmo altas fortes, algo entre 10%-15%.....no entanto, em seguida, a perna de baixa é mais forte ainda.....

Esse tipo de comportamento é próprio de BEAR-MARKETS longos.....

Até que vejamos o índice romper 55.000, 58.800 e, principalmente a faixa de 62.500, não temos sinal ainda de reversão do BEAR-MARKET de longo prazo que assistimos desde maio-2008.

Nesse momento, ainda temos pistas consideráveis que o Bovespa deve buscar a faixa de 45.000, 42.500, 37.000-38.000, com o maior repique visto nessa faixa........

Depois, ainda deveremos ver o Bovespa, num prazo entre 10-18 meses procurar a faixa de 27,500-29.200....

No curto prazo, tempo diário, MME13 ainda abaixo da MME21, portanto, VENDA no tempo diário.....LTB mais curta passando ali por volta de 51.300.....a mais longa , passando por volta de 53.500

Suportes em 49.400, 48.800, 48.000, 47.500, 47.000 e 46.500
Resistências em 50.200, 50.800-51.000, 51.400, 52.000 e 52.500


Bovespa, diário, escala logarítmica




Bovespa, SEMANAL, escala logarítmica