segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Bovespa em 27-10-2014

Forte queda do Bovespa hoje depois da reeleição da Presidente Dilma Rousseff; fechamento em 50.500 , queda de 2,77%.

Logo na abertura e ao longo das primeiras horas, a situação estava bem pior; amenizou no final.

Mínima do dia bateu em 48.700.

Médias móveis exponenciais de 13 e 21 dando VENDA.

MACD em modo venda no diário e no SEMANAL
Histograma em modo venda no diário e SEMANAL.

Portanto, situação do Bovespa continua muito ruim no curto e médio prazo; no longo prazo ruim desde 2010.

Repiques podem acontecer a qualquer momento.......uma notícia medianamente positiva - será que existe ? - pode ser o suficiente pra que o mercado levante alguns papéis que cairam muito nos últimos dias - qual não caiu ?

Enfim......

Do ponto de vista gráfico, temos agora suporte em 50.000, 49.500, 48.700 e 48.000

Resistências em 51.200, 52.000, 52.500 e 53.200.

Do ponto de vista fundamentalista, o cenário continua delicadíssimo.......

Exceto as exportadoras, e, essencialmente exportadoras que não dependam fortemente de commodities,  como a VALE, quase todos os setores sofrem direta ou indiretamente efeitos de variáveis macroeconômicas que pioram rapidamente por conta de um governo que gasta mal, é contrário ao investidor privado, é tolerante com a inflação, entre outros pontos.

Talvez estejamos no pior momento político-econômico desde a moratória externa de 1987.

A se comprovar ao longo dos próximos 6-24 meses....

Bovespa, diário, escala semi-logarítmica