segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Bovespa em 06-10-2014

Dia de forte alta para o Bovespa

É verdade que ainda que a maior parte da aberração da alta tenha ficado nos bancos e na Petrobrás, o Bovespa fechou em alta.

Isso não quer dizer que, mesmo dentro dessas fortes altas, a coisa não tenha sido "esquisita".

Dá pra entender uma BBDC4 abrir direto nos 40,00 ?
Depois, só caiu.......alta de 7,5% no fechamento.....ou seja.....nos primeiros minutos era de 12,5%....

PETR4 abriu direto nos 21,50 ?
Depois, só caiu....

e por ai vai......

não dá.......

Alguns papéis ainda se mantém dentro da "lógica gráfica"......

Mas, bancos e PETROBRÁS já descambaram para um "non-sense" geral.........

Abaixo, temos o Bovespa no diário.....e no "tempo 60 minutos"......

Díário mostra a abertura lá nos 58.800.........não é referência essa faixa......é uma faixa de intraday pra lá de questionável.....

Como os algoritmos foram parar lá ???

Como ????

Não dá pra "entender" como eles foram sair de 54.500 e ir direto pra um patamar que não é "nada".....

Depois disso, só caiu.......ainda bateu 56.800...deu um repique, mas, depois, só caiu até o fechamento em 57.100; alta de 4,7%

Tudo é possível de agora em diante....

até mesmo, visitarmos  amanhã a faixa de 55.200.....

sim......

é fato que hoje o Bovespa rompeu aquela LTB curta......fechou também acima de uma faixa importante, essa faixa de 57.000 pontos.

Mas, e daí?

Alguma coisa tem feito sentido até agora ?

Além do mais, seria a chance do mercado respirar.......

Vejam que no gráfico "60 minutos", podemos traçar o "inicio" de uma LTA.....e ela passa hoje em 55.200 pontos........a outra faixa importante que "foi esquecida" nesse rally pós-eleições....

Resistências agora em 58.000,58.800; 59.200; 59.500 e 60.000

Suportes: 57,000. 56.500; 56.000 e a faixa 55.000-55.200

MME13 ainda abaixo da MME21 no diário, sinal de venda.
MACD em sinal de venda no diário
Histograma "abaixo da linha zero", também sinal de venda no diário


Bovespa , diário, escala semi-logarítmica



Bovespa , "60 minutos" escala semi-logarítmica