sábado, 14 de outubro de 2017

Semana que vem, tem o início o Congresso do Partido Comunista Chinês....E se a paridade "dólar x yuan chinês" voltar a subir depois do término do Congresso ?...é o motivo por trás da próxima fortíssima correção ou crash ?

Semana que vem, tem o início o Congresso do Partido Comunista Chinês....E se a paridade "dólar x yuan chinês" voltar a subir depois do término do Congresso ?...

É  o motivo por trás da próxima fortíssima correção ou crash ?

Vejam uma LTB curta.....

Vejam que até a eleição de Donald Trump, o dólar sobe forte em relação ao Yuan Chinês, mesmo movimento no Brasil....

Dali em diante só cai....

Vejam no SEMANAL, que a queda vai até a MA200 (Linha vermelha) no tempo Semanal....

Repica forte, e para numa LTB.....

Faixa de 6,60 foi perida no diário...veio pra baixo....tem a LTB.....

MACD no tempo diário ainda em modo VENDA....

MACD, no semanal, já está na "iminência" de dar "compra"



"Dólar x Yuan chinês",diário, escala logarítmica



"Dólar x Yuan chinês",Semanal, escala logarítmica






Outro "ETF" do setor de commodities mostra um fechamento "em cima" de LTB ao final da semana...o "DJP"

Outro "ETF" do setor de commodities mostra um fechamento "em cima" de LTB ao final da semana...o "DJP"

DJP, Diário, escala logarítmica




DJP, Semanal, escala logarítmica






sexta-feira, 13 de outubro de 2017

O perigo mora ao lado......Canal de alta do Dow Jones....quase lá...

O perigo mora ao lado......Canal de alta do Dow Jones....quase lá...

Dow Jones, diário, escala logarítmica






Semana passada, quando o Bovespa bateu 78.000, deixei a dúvida.....acabou ? talvez falte a VALE....e falta.......alta de hoje da VALE3...5,9%...volume gigantesco....olhem o que escrevi ontem sobre as commodities.....sim....falta a VALE....ainda...

Semana passada, quando o Bovespa bateu 78.000, deixei a dúvida.....acabou ? talvez falte a VALE....e falta.......alta de hoje da VALE3...5,9%...volume gigantesco....olhem o que escrevi ontem sobre as commodities.....sim....falta a VALE....ainda...

VALE3, Diário, escala logarítmica








quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Commodities prontas pra romper faixas importantes acima ? Vamos a 2 ETF'S

Commodities prontas pra romper faixas importantes acima ? Vamos a 2 ETF'S

O primeiro "ETF", o mais conhecido, o "DJCI".....depois, o "GNX"

O primeiro abaixo, vemos uma LTB resvalada semana passada.....

O Segundo abaixo, faixa de 400 próxima....pouco acima a 410, já tocada meses atrás......acima de 410, apenas 450...

DJCI, Semanal, escala logarítmica, período 7 anos




GNX, Semanal, escala logarítmica, período 12 anos







domingo, 8 de outubro de 2017

Uma outra maneira de ver o Bovespa no curto prazo é através de uma LTA curta de 3 meses

Uma outra maneira de ver o Bovespa no curto prazo é através de uma LTA curta de 3 meses abaixo destacada:

Bovespa, diário, escala logarítmica





sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Lembram do índice "XLK" (Setor tecnológico e "ponto.com") de que falei semana passada ? Topo histórico de 65,44 e faixa importante de 60,00.....pois é...hoje, tocou máxima da semana...59,98....."quase lá"

Lembram do índice "XLK" (Setor tecnológico e "ponto.com") de que falei semana passada ? Topo histórico de 65,44 e faixa importante de 60,00.....

Pois é...hoje, tocou máxima da semana...59,98....."quase lá"...

Abaixo, dá pra ver que o topinho é 60,75....mas 60,00 é faixa psicológica...

Topo histórico tá lá....65,44

Vejam o canal de alta e a linha superior resvalada várias vezes nos novos topos no segundo gráfico semanal

XLK, Diário, escala logarítmica




XLK, Semana, escala logarítmica, período 20 anos









O mesmo que fizemos para o Bovespa no post anterior, fazemos para o Dow Jones e SP500....só que nesses, temos cunhas.....e não esqueçam a conta que fiz semana passada

O mesmo que fizemos para o Bovespa no post anterior, fazemos para o Dow Jones e SP500....só que nesses, temos cunhas.....e não esqueçam a conta que fiz semana passada

Algum topinho duplo na semana que vem ? Ou um rápido toque nos 23.000 pontos do Dow Jones.....a máxima foi em 22.777 ontem...

O índice XLF bateu hoje na máxima da semana 26.46, ainda abaixo da faixa mais provável de 27,00 ainda a ser buscada

SP500, Semanal, escala logarítmica, período 3 anos



Dow Jones, Semanal, escala logarítmica, período 3 anos









Completamos o rally do Bovespa nos 78.000 ou não ?......dependendo de como você constrói o canal de alta, podemos dizer que sim...... Mas, falta a VALE......vamos aguardar...

Completamos o rally do Bovespa nos 78.000 ou não ?......dependendo de como você constrói o canal de alta, podemos dizer que sim......

Mas, falta a VALE......vamos aguardar....

Abaixo, o canal de alta com a linha superior resvalada quando o Bovespa bateu 78.000 ontem na máxima.....

Por outro lado.....olhem o primeiro retângulo que destaquei no início do canal de alta...o índice vai nos 65.000....cai....e depois volta pra bater pouco acima dos 65.000

Falta a VALE.

E semana que vem, os mercados chineses voltam a abrir depois de feriado a semana inteira por lá...

Lembram dos dados bons da atividade industrial divulgados na sexta-feira passada à noite ?

Pois é......os mercados chineses já estavam fechados....

E olhem o gráfico do "futuro minério de ferro" abaixo.....vejam a divergência altista forte de IFR14 após o toque por 2,3,4 vezes na faixa de 62,00.....

O Cobre, que reverteu a partir do fundo de 2,87 ao longo da semana, captou os bons números da atividade industrial.....o minério de ferro, ainda não......

Como reagirão VALE e siderúrgicas na segunda-feira ?

Bem.....

Vamos na ordem aos gráficos do minério de ferro, COBRE e Bovespa com o canal de alta


Minério de ferro, diário



Cobre, diário, escala logarítmica



Bovespa, diário, escala logarítmica








quarta-feira, 4 de outubro de 2017

"País vive um espetáculo de horror, diz Arminio Fraga", por Jornal "O Globo"

Matéria publicada agora à noite pelo Jornal "O Globo":

https://oglobo.globo.com/economia/pais-vive-um-espetaculo-de-horror-diz-arminio-fraga-21904564

País vive um espetáculo de horror, diz Arminio Fraga
Ex-presidente do BC diz que Brasil vive crise moral e ética
   
POR JOÃO SORIMA NETO 03/10/2017 19:20 / atualizado 03/10/2017 20:42

SÃO PAULO - O ex-presidente do Banco Central e sócio da Gávea Investimentos, Arminio Fraga, disse que o país vive uma crise moral e ética e que, embora as instituições democráticas estejam funcionando, há "sinais de uma quase total desgovernança, com sinais visíveis como violência, desordem, populismo e corrupção". Fraga participou nesta terça-feira do 18º Congresso do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, em São Paulo.

— É um espetáculo de horror. Acho que a solução é enfrentar todas essas crises ao mesmo tempo, mas não tenho a solução - disse.

Sobre o cenário político, Fraga disse que o momento é extremamente complicado e que a crise tem dimensões múltiplas.

— É uma crise econômica, já que o PIB per capita caiu 10% nos últimos anos. E na política vivemos um momento triste, com o governo sendo incapaz de governar o país pensando no longo prazo. Há incapacidade do Estado de agir para construir um futuro melhor - afirmou.

Arminio Fraga disse que mesmo com regras e leis bem desenhadas é necessário um "algo mais".

— Mesmo com as regras, tentam burlar as leis. É algo de natureza ética e comportamental. O Brasil vive um dilema dessa natureza. E uma mudança de cultura é a parte mais difícil - afirmou.

Nos últimos anos, Fraga acreditava que a melhoria da governança obtida no setor privado contaminaria o setor público. Mas hoje, diz ele, infelizmente não foi isso que aconteceu.

— O governo tem problemas graves de governança. É quase uma total desgovernança. Mas não perco a esperança - afirmou durante sua palestra, lembrando que cada vez mais cresce a rejeição à classe política, o que acaba assustando.

Arminio Fraga disse que essa situação de crise política não pode ser atribuída apenas a um grupo político, de burocratas e desonestos, que raptou o Estado e escolheu um modelo econômico ruim.

— Temos que ter clareza disso. Temos que reconhecer que essa situação foi uma parceria do governo com as mais importantes lideranças empresariais do país que, por razões mais mundanas, se atiraram nessa empreitada. Houve a vitória do Brasil velho e o Brasil da boa governança perdeu - disse.

Fraga disse ter a plena convicção de que o governo não deve ter empresas. Por isso, o ex-presidente do BC disse ser favorável à privatização de todas as estatais. O cenário ideal, disse ele, seria criar ambiente competitivo e concorrencial e não privatizar monopólios.

- Não é nada ideológico. Mas defendo a privatização de todas as estatais, sem exceção. O governo tem empresas para impor seus objetivos econômicos. O apoio à existência de estatais vem daqueles que se beneficiam dessas distorções, entre eles clientes, funcionários e fornecedores. Algumas dessa relações ocorrem fora do mercado, gerando transferência e alocação de capital problemática. Melhor seria se o governo terceirizasse os serviços que necessita. A questão é como fazê-la (a privatização) para criar algo robusto. Este é um tema que precisa entrar no debate público - afirmou Fraga durante sua apresentação.

Ele disse, por exemplo, que não venderia a Petrobras inteira a um investidor nacional ou estrangeiro. Na sua avaliação, a petrolífera teria que ser fatiada para ser privatizada.

- Também não venderia uma participação minoritária da BR. Isso é rasgar dinheiro - afirmou Fraga.

O ex-presidente do BC criticou ainda o tamanho dos bancos públicos, que hoje concentram 60% dos ativos do país. Para ele, isso "é demais".

- O país precisa investir bem sua poupança. Precisa de mais mercado na alocação de capitais e menos governo - afirmou.

Fraga também disse que pouco se avalia o desempenho do setor público.

- Hoje o Brasil viveria um boom de infraestrutura, mas o investimento está paralisado. E terá que ser destravado com dinheiro privado.